Lance: como ele pode adiantar a sua contemplação no consórcio


Quem é que nunca sonhou em ter um carro, uma casa própria ou aquele bem que sempre foi desejado? Esses sonhos cada vez mais estão sendo realizados graças à existência do consórcio. Afinal, nada melhor do que poder pagar um preço justo pelo que deseja sem os juros exorbitantes de um financiamento.

Outra grande vantagem do consórcio é o fato de que nem sempre é preciso esperar ser sorteado para retirar o bem. É possível antecipar a contemplação através de um lance.

Mas afinal, o que são lances? Como eles podem ajudar a adiantar a contemplação? Essa e outras perguntas serão respondidas nesse artigo. Confira:

O que é Lance?

De maneira simples, o Lance nada mais é que o adiantamento de algumas parcelas do consórcio a fim de antecipar a contemplação. Geralmente ele é feito por aqueles que não querem esperar ser sorteados no consórcio e possuem uma renda extra que pode ser usada para esse fim.

Normalmente esses lances devem ser dados antes da realização da assembleia do consórcio, mas tudo vai depender das regras de cada grupo. Então, como em um leilão, a oferta com a maior quantia vence e o consorciado recebe a carta contemplada para a retirada antecipada dos bens desejados.

O indivíduo pode se utilizar de três tipos de lances: o livre, o fixo e o embutido. No tópico abaixo, explicaremos melhor sobre cada um. Seja qual for o tipo de lance escolhido, caso o consorciado não dê a melhor oferta, ele não perde o dinheiro, podendo usá-lo novamente quando quiser.

Tipos de Lance

Antes de dar um lance, é preciso observar o movimento do grupo do consórcio para escolher o melhor momento para fazer a oferta. Depois disso, é essencial que o consorciado saiba quais são os tipos de lance e entenda as diferenças entre eles. Assim, é possível escolher o mais adequado para o momento.

Os lances podem ser livres ou fixos. Há também os lances embutidos, mas, nesse caso, o consorciado não utiliza recursos próprios. Veja a diferença entre eles:

Lance Livre

No Lance Livre, geralmente, quem fizer a maior oferta vence. Nele, não existe um valor determinado e o consorciado que tiver um dinheiro extra pode ofertar qualquer percentual sobre o valor total do bem desejado.

Caso haja empate, cabe a administradora usar critérios para escolher o vencedor, que normalmente é definido através de um sorteio

Lance Fixo

No Lance Fixo, o valor ou percentual é previamente determinado pela administradora do consórcio, no contrato. Esse tipo de lance é normalmente pago com recursos próprios, porém algumas administradoras permitem que se desconte do valor da carta de crédito.

Se houver mais de uma oferta, o critério de desempate geralmente é o mesmo usado para definir os ganhadores do Lance Livre, ou seja, através de sorteio.

Lance Embutido

Nessa modalidade, o consorciado não precisa ter o valor total em mãos para ofertar um lance e nem recursos próprios. No Lance Embutido, o valor ofertado pode ser quitado com parte do valor da carta de crédito, que será descontado.

Entretanto, antes de fazer o lance, é necessário verificar se o novo valor da carta de crédito aos planos que o consorciado tinha quando contratou o consórcio e entrou no grupo. Isso porque, nesse caso, o valor que o indivíduo terá para comprar o bem será reduzido. Ele poderá usar um percentual que varia de 30% a 50% do valor da carta de crédito para ofertar o lance.

Como dar um Lance?

Antes de qualquer coisa, o consorciado que deseja aumentar suas chances de contemplação através de um lance deve ter conhecimento de todas as regras de seu grupo. Essas regras sobre o assunto devem estar descritas no contrato de adesão. É através delas que o indivíduo que deseja ofertar vai saber o que pode ou não fazer.

Com essas informações em mente, o consorciado deve fazer a oferta do lance escolhido de acordo com o regulamento de seu grupo. O lance pode ser dado antes da assembleia ou até mesmo durante. Tudo vai depender da regra de cada grupo de consórcio. O interesse em dar um lance deve ser formalizado através da administradora do consórcio.

Como já foi explicado, existem diversos tipos de lance e pagamento deles pode ser feito com recursos do próprio consorciado ou descontando o valor da carta de crédito. É importante ressaltar que a quantia ofertada deve ser condizente com as possibilidades de pagamento do indivíduo.

Feito isso, basta dar o lance e torcer para que ninguém tenha uma maior oferta. Caso isso aconteça e o consorciado não seja contemplado, a carta de crédito continuará intacta e ele não precisa pagar o lance, podendo guardar o dinheiro para futuras ofertas.